sicnot

Perfil

País

Feira Popular de Lisboa vai funcionar em Carnide como parque urbano com 20 hectares

A Feira Popular de Lisboa vai mudar-se para Carnide e funcionar como um parque urbano de 20 hectares, um projeto "muito ambicioso" que a Câmara de Lisboa quer abrir "o mais rápido possível", foi hoje anunciado.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Hannibal Hanschke / Reuters

"Este não vai ser só um local de divertimento, vai ser um grande parque de lazer com 20 hectares, quatro vezes maior" do que era a feira em Entrecampos, onde deixou de funcionar há mais de dez anos, afirmou o presidente do município lisboeta, Fernando Medina (PS).

O responsável especificou que a nova Feira Popular vai estar na "zona imediatamente contígua à estação de metro da Pontinha", com acessos à Segunda Circular, à CRIL e ao IC19.

"É local de excelência para todos", salientou.

Questionado sobre prazos, o responsável indicou que "este não é o momento para determinar e apresentar um calendário", frisando, contudo, que o objetivo é abrir a feira "o mais cedo possível".

"Vamos fazer tudo para que, gradualmente, venha a ser de usufruto da cidade e dos lisboetas", garantiu.

O autarca, que falava em conferência de imprensa nos Paços do Concelho, em Lisboa, acrescentou que esta é uma forma também de "requalificar esta zona da cidade e dar-lhe a regeneração que tanto precisa".

Segundo Fernando Medina, a "terceira casa" da Feira Popular será "diferente" da anterior, já que funcionará num "local muito maior" e terá muito mais espaços verdes.

Lusa

  • Documentos envolvem presidente de IPSS em práticas ilegais
    5:45
  • Novo horário aos sábados na Autoeuropa avança em fevereiro
    1:32

    Economia

    As negociações na Autoeuropa sobre o novo horário aos sábados estão terminadas. Ao que a SIC apurou, não há mais questões a debater, porque a fábrica perguntou diretamente aos trabalhadores que modelo de turnos preferiam. O horário avança no primeiro fim de semana de fevereiro.

  • A casa dos horrores
    7:57