sicnot

Perfil

País

Assis quer ambiente livre, leal e plural na Comissão Nacional do PS

O eurodeputado socialista Francisco Assis afirmou hoje esperar que a reunião da Comissão Nacional do PS, no sábado, decorra num ambiente "livre e leal" na discussão sobre a eventual formação de um Governo de esquerda.

NUNO VEIGA

Esta posição consta de um comunicado de Francisco Assis em que justifica o adiamento do encontro que juntaria na Mealhada militantes socialistas que se opõem à formação de uma "frente de esquerda", no sábado, ao almoço, por coincidir com a realização da Comissão Nacional do PS.

"Deseja-se que a reunião da Comissão Nacional decorra num ambiente favorável à livre e leal troca de pontos de vista e contraposição de opiniões. Vivemos um momento de extraordinária importância na vida do nosso partido, o que obriga a um especial cuidado na observância dos princípios fundamentais que nos norteiam", escreve o cabeça de lista socialista nas últimas eleições europeias.

No comunicado, Francisco Assis frisa que o PS, "pela sua natureza e pela sua história, é um partido profundamente livre, plural e democrático".

"Adiámos um encontro em nome do respeito por esses princípios. Pela mesma razão continuaremos a manifestar as convicções profundas que nos animam nas presentes circunstâncias históricas", salienta o ex-líder parlamentar do PS entre 1997 e 2001 e entre 2009 e 2011.

No texto, Francisco Assis deixa também o sinal de que o encontro previsto para este sábado, na Mealhada, o qual iria juntar "um conjunto alargado de militantes do PS que não se reconhecem na orientação política atualmente prosseguida pela direção do partido", poderá voltar a ser remarcado dentro em breve.

"A marcação de uma reunião extraordinária da Comissão Nacional do PS para uma data coincidente com aquela em que ocorreria o encontro inviabiliza a realização deste último. Assim sendo, procedeu-se de imediato à desconvocação de tal reunião sem prejuízo da mesma se realizar em momento ulterior. Só assim ficam devidamente acautelados os superiores interesses do PS cuja salvaguarda tem de prevalecer sobre todas as divergências que internamente nos separem", afirma o eurodeputado socialista.

Lusa

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • A experiência de um embaixador português na Coreia do Norte
    2:58

    País

    A Coreia do Norte tem o maior orçamento militar do mundo e o seu arsenal nuclear acaba por dar-lhe acesso a uma possível cimeira com os Estados Unidos. A pobreza e o culto da personalidade foram testemunhados pelo embaixador, José Manuel de Jesus, que visitou várias vezes Pyongyang.

  • EUA expulsa dois diplomatas venezuelanos e dá-lhes 48 horas para deixarem o país

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram, na quarta-feira, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos, aos quais deu um prazo de 48 horas para sairem do país. A decisão é a resposta ao anúncio de Presidente da Venezuela de expulsar o encarregado de negócios e o chefe da secção política da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson e Brian Naranjo, respetivamente.