sicnot

Perfil

País

Derrocadas de arribas após temporal em Albufeira

Derrocadas de arribas após temporal em Albufeira

A chuva do último domingo não fez estragos apenas na baixa de Albufeira. A Agência Portuguesa do Ambiente esteve esta manhã na zona para avaliar os estragos na costa. Foram contabilizados pelo menos uma dúzia de desmoronamentos nas arriba.

  • Conselho de Ministros aprova três fundos de emergência para Albufeira
    2:04

    País

    O Conselho de Ministros deu hoje luz verde à utilização imediata de três fundos de emergência. A notícia chega numa altura em que muitos comerciantes já começam a ter noção dos prejuízos causados pelas cheias. No entanto não houve comentários acerca do pedido de declaração de estado de calamidade.

  • Trabalhos de limpeza em Albufeira vão demorar vários dias
    2:38

    País

    Os funcionários da Câmara Municipal de Albufeira retomaram esta manhã os trabalhos de limpeza e remoção dos detritos das ruas da cidade, por causa do temporal de domingo. Durante a noite, a GNR reforçou a patrulha para evitar possíveis roubos nos estabelecimentos que atingidos pelas cheias. Só na baixa, cerca de uma centena de lojas ficaram destruídas. O centro continua entulhado de areia e de viaturas que foram levadas pela enxurrada. A Câmara Municipal criou um gabinete de crise para apoiar os comerciantes e fez também um pedido ao Governo para que seja declarada situação de calamidade pública. Os repórteres da SIC estão a acompanhar os trabalhos de limpeza, em Albufeira. Uma tarefa que vai durar vários dias.

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.