sicnot

Perfil

País

Cavaco recebe confederações do comércio, serviços, agricultores, turismo e empresas

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, vai receber em audiência, na quinta-feira, as confederações do comércio e serviços, dos agricultores e do turismo, assim como a confederação empresarial, segundo a agenda divulgada hoje por Belém.

Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República.

Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República.

ANT\303\223NIO COTRIM

Da parte da manhã, pelas 10:00, o Presidente da República recebe, no Palácio de Belém, a Confederação Empresarial de Portugal (CIP), e pelas 11:30 a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP).

As audiências retomam depois às 15:00, com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), seguindo-se a Confederação do Turismo Português (CTP) às 17:00.

O Presidente da República começa a ouvir os parceiros sociais dois dias depois da aprovação de rejeição do Programa do XX Governo Constitucional, e depois de ter recebido hoje o Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, que comunicou a decisão do parlamento ao Chefe de Estado.

A moção de rejeição do PS ao Programa do XX Governo Constitucional foi aprovada na terça-feira com 123 votos favoráveis de socialistas, BE, PCP, PEV e PAN, o que implicou a demissão do executivo PSD/CDS-PP.

A moção de rejeição do PS teve 107 votos contra provenientes da totalidade dos deputados das bancadas do PSD e do CDS-PP.

A rejeição do Programa do Governo exige o voto de uma maioria absoluta dos deputados em efetividade de funções, ou seja, pelo menos 116 parlamentares e, segundo o artigo 195.º da Constituição, implica a demissão do executivo, que se manterá em gestão até à posse de um novo Governo.

Ainda hoje Cavaco Silva recebeu o primeiro-ministro para a habitual reunião semanal.

Lusa

  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01