sicnot

Perfil

País

Fim de semana com sol e temperaturas entre os 20 e os 23 graus

O fim de semana será marcado pelo bom tempo, com as temperaturas máximas entre os 20 e os 23 graus Celsius, valores acima do normal para a época do ano.

PATRICK PLEUL

"Para os próximos dias e até segunda-feira, vamos ter um cenário de céu pouco nublado ou limpo e neblinas ou nevoeiros matinais. No que diz respeito às temperaturas máximas, não se preveem variações relativamente aos últimos dias", disse à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Maria João Frada, as temperaturas máximas vão variar entre os 20 e os 23 graus Celsius na generalidade do território, sendo que nas regiões montanhosas serão mais baixas (entre os 15 e os 18 graus).

"As mínimas vão situar-se entre os oito e os 12/15 graus com exceção do interior norte e centro que deverão variar entre os 5 e os7 graus", salientou.

Segundo a meteorologista, este cenário estável deverá manter-se até segunda-feira e a partir de terça ou quarta-feira deverá haver uma mudança de cenário nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela.

A especialista do IPMA adiantou que as temperaturas máximas que se têm feito sentir na generalidade do território há mais de uma semana estão acima dos valores normais para a época.

"Esta situação em que as temperaturas estão acima do normal para esta altura do ano, é pouco comum porque mantêm-se altas há uma serie de dias consecutivos. Em grande parte das estações do IPMA, as temperaturas têm estado cinco graus acima dos valores normais para a época do ano", contou.

Maria João Frada disse ainda que este cenário deverá manter-se pelo menos até segunda-feira ou até mesmo quarta-feira.

"Ainda é muito cedo para ter certezas, mas há uma tendência para se manterem. Estamos a prever um ligeira mudança, com ocorrência de precipitação no Minho e Douro litoral e descida da temperatura mas a partir de quarta-feira", concluiu.

Quanto à previsão do estado do tempo para hoje, o IPMA prevê para o continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade, em especial por nuvens altas, até ao início da tarde.

Está também previsto vento fraco, soprando moderado, do quadrante norte na faixa costeira a norte do Cabo Raso durante a tarde e de nordeste nas terras altas a partir do meio da tarde.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal, que poderá persistir no nordeste transmontano.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 12 e 22 graus Celsius, no Porto entre 11 e 22, em Bragança entre 5 e 17, em Vila Real entre 8 e 17, em Viseu entre 9 e 18, na Guarda entre 6 e 14, em Coimbra entre 10 e 21, em Castelo Branco entre 10 e 21, em Santarém entre 11 e 22, em Évora entre 10 e 23, em Beja entre 12 e 23 e em Faro entre 14 e 21.

Lusa

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.