sicnot

Perfil

País

José Sócrates em almoço solidário com Mário Soares na antiga FIL

O ex-primeiro-ministro José Sócrates vai estar presente no próximo dia 22, na antiga Feira Industrial de Lisboa (FIL), num almoço de solidariedade em relação a si, no qual também estará o antigo Presidente da República Mário Soares.

(arquivo)

(arquivo)

Lusa

Este será o terceiro evento público em que participa o antigo líder do PS desde que saiu da condição de prisão domiciliária, a 16 de outubro passado, depois das conferências que proferiu em Vila Velha de Ródão (distrito de Castelo Branco) e mais recentemente em Vila Real sobre o tema da "política e justiça".

Em declarações à agência Lusa, o antigo secretário de Estado e dirigente "histórico" do PS António Campos disse que estará presente, assim como Mário Soares, no almoço na antiga FIL.

"Combinámos os dois ir lá, porque entendemos que é um ato de solidariedade indispensável em relação a um ex-primeiro-ministro que esteve preso um ano sem qualquer acusação. Estamos perante um claro atentado aos direitos, liberdades e garantias de um cidadão", sustentou.

António Campos declarou ainda que, "como democrata", não poderia deixar de manifestar a sua "revolta face ao funcionamento do sistema de justiça".

Organizadores deste almoço na antiga FIL referiram à agência Lusa que, sendo o espaço limitado, serão aceites "500 inscrições".

José Sócrates foi libertado no dia 16 de outubro, embora fique proibido de se ausentar de Portugal e de contactar com outros arguidos do processo da "Operação Marquês".

O ex-primeiro-ministro foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

Sócrates esteve preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora mais de nove meses, tendo esta medida de coação sido alterada para prisão domiciliária, com vigilância policial, a 04 de setembro.

Lusa

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

    SIC

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Morreu o orangotango mais velho do mundo

    Mundo

    O orangotango mais velho do mundo morreu aos 62 anos no jardim zoológico de Perth, no norte da Austrália, deixando 54 descendentes, anunciou esta terça-feira a instituição.

  • Milionários aumentam... e as suas fortunas também

    Mundo

    O número de milionários mundiais cresceu em 2017 e o seu nível de riqueza aumentou pelo sexto ano consecutivo, ultrapassando pela primeira vez os 70 biliões de dólares (60,5 biliões de euros), segundo um estudo divulgado esta terça-feira.