sicnot

Perfil

País

Ferro Rodrigues assina na quarta-feira livro de condolência na Embaixada de França

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, desloca-se na quarta-feira, pelas 11:00, à Embaixada de França em Portugal, onde assinará pessoalmente o livro de condolências aberto em consequência dos ataques em Paris na sexta-feira à noite.

(Arquivo/Lusa)

(Arquivo/Lusa)

MIGUEL A. LOPES

Fonte oficial do presidente da Assembleia da República adiantou que Ferro Rodrigues será na mesma ocasião recebido pelo embaixador francês em Lisboa.

"Além da sua componente institucional, em representação do parlamento português, este ato do presidente da Assembleia da República tem também uma dimensão pessoal, já que Ferro Rodrigues residiu quase sete anos em Paris, quando desempenhou as funções de embaixador de Portugal na OCDE entre 2005 e 2011", referiu a mesma fonte.

Na sequência dos ataques ocorridos em Paris, na sexta-feira à noite, Ferro Rodrigues manifestou "horror, repúdio e indignação".

"Em nome do parlamento português quero manifestar o horror, repúdio e indignação pelos atentados terroristas de Paris e expressar a solidariedade democrática a França e aos seus representantes", escreveu Ferro Rodrigues numa mensagem enviada à agência Lusa.

Na tarde de sábado, foi desfraldada na fachada principal da Assembleia da República, em sinal de solidariedade, uma bandeira da República de França, que se manterá visível até à próxima sessão plenária, na quarta-feira à tarde.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.