sicnot

Perfil

País

Cavaco recebe governador do Banco de Portugal na quinta-feira

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, recebe na quinta-feira o governador do Banco de Portugal, além de ouvir sete economistas em audiências separadas e antes de receber os partidos com assento parlamentar, na sexta-feira.

A agenda do encontro de Cavaco Silva com o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa (na imagem), que decorrerá às 17:15, surgiu já ao final do dia. (Arquivo)

A agenda do encontro de Cavaco Silva com o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa (na imagem), que decorrerá às 17:15, surgiu já ao final do dia. (Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

A agenda do encontro de Cavaco Silva com o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, que decorrerá às 17:15, surgiu já ao final do dia.

Cavaco Silva receberá também na quinta-feira, às 18:00, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, para a habitual reunião semanal.

Depois de o XX Governo Constitucional ter sido derrubado a 10 de novembro no parlamento, através da aprovação de uma moção de rejeição por todos os partidos da oposição, Cavaco Silva ouviu, somando os encontros de quinta-feira, 24 entidades sobre o impasse político, ultrapassando o número de personalidades ouvidas pelo seu antecessor, Jorge Sampaio (17), em 2004.

O chefe de Estado começou por ouvir, em nove audiências separadas, as confederações patronais, as associações empresariais e as centrais sindicais. Já esta semana, na quarta-feira, recebeu, em sete audiências separadas, os presidentes dos principais bancos a operar em Portugal e o presidente da Associação Portuguesa de Bancos.

Cavaco Silva ouvirá quinta-feira mais sete personalidades da área económica: de acordo com a agenda disponibilizada pela Presidência da República, as audiências começam às 10:00 com Vítor Bento, seguindo-se 45 minutos depois o presidente da COTEC, Daniel Bessa.

Os ex-ministros das Finanças João Salgueiro e Luís Campos e Cunha são ouvidos às 11:30 e às 12:15, respetivamente, começando a ronda da tarde às 15:00 com o anterior governante do executivo de José Sócrates, Teixeira dos Santos.

O conselheiro de Estado Bagão Félix, às 15:45, e o ex-ministro da Economia Augusto Mateus, às 16:30, encerram a ronda.

A 'lista' de personalidades chamadas a Belém por Jorge Sampaio incluiu ex-primeiros-ministros e ex-Presidentes da República, constitucionalistas, políticos de esquerda e de direita, além do agora chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19