sicnot

Perfil

País

Oito examinadores suspensos do exercício de funções públicas

Foram ouvidos pelo juiz do Tribunal Central de Acção Penal os suspeitos de fraude com cartas de condução. Treze pessoas foram detidas anteontem na zona norte numa grande operação da Polícia Judiciária.

Arquivo

Arquivo

SIC

Dos 13 detidos, um ficou em prisão preventiva, nove em prisão domiciliária e três foram obrigados a prestar caução. Estão ainda proibidos de estabelecerem qualquer contacto entre eles.

Aos oito examinadores do centro de exames do ACP do Porto foi também aplicada a suspensão imediata do exercício de funções públicas.

Para além dos examinadores, foram também detidos donos e funcionários de escolas de condução. A PJ e o Ministério Público acreditam ter desmantelado uma rede que a troco de 5 mil euros conseguia fazer com que os alunos passassem o exame de código.

A fraude consistia em equipar os candidatos com meios de transmissão em directo de imagem e recepção áudio via rádio. Os alunos com microcâmaras filmavam os exames e do exterior recebiam as respostas certas.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.