sicnot

Perfil

País

Pesados e ligeiros sem controlo policial em Vilar Formoso

Pesados e ligeiros sem controlo policial em Vilar Formoso

Os ministros da Administração Interna e da Justiça da União Europeia decidiram efetuar, na semana passada, um controlo mais apertado de fronteiras na UE. Na Alemanha, França e Espanha, a vigilância policial já foi reforçada, em Portugal ainda não é visível para quem passa na antiga fronteira de Vilar Formoso.

  • Controlo das fronteiras na UE será reforçado
    1:42

    Ataques em Paris

    Os ministros do Interior da França e da Bélgica querem um reforço no controlo das fronteiras dentro da União Europeia e a criação de um sistema de registo de passageiros. São duas das medidas que estão hoje em discussão na reunião dos ministros do Interior e Administração Interna da União. O Parlamento Europeu não se tem mostrado disponível para discutir estas medidas mas os atentados de Paris podem alterar esta posição.

  • França quer ver reforçado controlo das fronteiras da UE
    1:51

    Ataques em Paris

    A França quer ver reforçado o controlo das fronteiras externas mas também das fronteiras internas da União Europeia. O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, defende ainda o registo de passageiros que viajam entre países europeus e quer um maior controlo do tráfico de armas. São alguns dos pontos discutidos hoje no Conselho de Ministros da Administração Interna e da Justiça que se encontram em Bruxelas.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.