sicnot

Perfil

País

Narciso Miranda vai recorrer da sentença que considera "injusta"

Narciso Miranda vai recorrer da sentença que considera "injusta"

Narciso Miranda foi, esta manhã, condenado em Matosinhos por abuso de confiança e falsificação de documento. O tribunal entendeu que usou em proveito próprio quase 36 mil euros que recebeu de uma subvenção do Estado quando foi candidato à Câmara de Matosinhos, em 2009. Narciso Miranda considera que a decisão é injusta e garantiu que vai recorrer.

  • Pena suspensa para Narciso Miranda

    País

    Narciso Miranda foi hoje condenado por abuso de confiança qualificada e falsificação de documento. A pena de 2 anos e 10 meses fica suspensa desde que pague os 35.700 euros de que se apossou. O antigo autarca diz que a pena é injusta e que vai recorrer.

  • Narciso Miranda vai recorrer da sentença que considera "injusta"
    1:23

    País

    Narciso Miranda foi, esta manhã, condenado em Matosinhos por abuso de confiança e falsificação de documento. O tribunal entendeu que usou em proveito próprio quase 36 mil euros que recebeu de uma subvenção do Estado quando foi candidato à Câmara de Matosinhos, em 2009. Narciso Miranda considera que a decisão é injusta e garantiu que vai recorrer.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.