sicnot

Perfil

País

Maersk abandona porto de Lisboa

O maior armador do mundo abandona o porto de Lisboa e cede à greve dos estivadores que dura há já um mês, mais um dia. A paralisação começou a 14 de novembro e já tinha levado a alemã Hapag-Lloyd a trocar o porto da capital pelo de Leixões.

Reuters


Agora é a vez da gigante dinamarquesa Maersk anunciar a clientes e parceiros a suspensão de todas as escalas no porto da capital, precisamente devido à greve dos estivadores que vai prolongar-se até ao final do ano.


Os impactos destas decisões ainda não são conhecidos, mas segundo o Económico deverá ter efeitos até 2016.


Em causa pode estar ainda o novo terminal de contentores do Porto de Lisboa, no qual a Maersk é um dos potenciais investidores de um projeto do anterior governo de coligação, que está agora nas mãos da nova ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que também tem a tutela dos portos em articulação com o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36