sicnot

Perfil

País

Cerca de 166 mil idosos beneficiaram do complemento solidário em novembro

O Complemento Solidário para Idosos (CSI) foi atribuído, em novembro, a l66.169 idosos, mais 574 face a outubro, segundo dados do Instituto da Segurança Social (ISS) hoje divulgados.

Arquivo reuters

Os dados do ISS, atualizados hoje, referem que, do total de beneficiários, 116.116 são mulheres e 50.053 são homens.

Tendo em conta o mês homólogo de 2014, registou-se uma quebra de 2,9% no número de beneficiários, passando de 171.069, em novembro do ano passado, para 166.169 um ano depois.

Recuando a novembro de 2011, a quebra de beneficiários acentuou-se, atingindo os 42%.

Segundo os dados da Segurança Social, que não eram atualizados desde julho na sua página da internet, em novembro de 2011 esta prestação social foi atribuída a 236.013 idosos, mais 69.844 do que em novembro deste ano.

O maior número de beneficiários encontra-se no distrito do Porto (26.552), seguido de Lisboa (24.447) e de Braga (12.713).

O Complemento Solidário para Idosos é um apoio em dinheiro pago mensalmente a pessoas com mais de 65 anos, com baixos recursos financeiros.

  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43