sicnot

Perfil

País

PR condecora Alberto João Jardim e outras quatro personalidades madeirenses

O Presidente da República condecora hoje o antigo presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, e outras quatro personalidades madeirenses, numa cerimónia no Palácio de Belém.

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

LUSA

De acordo com uma nota divulgada no site da Presidência da República, as cincos personalidades que serão condecoradas destacaram-se "no desempenho de funções públicas a nível regional e nacional".

Alberto João Jardim, que abandonou a chefia do executivo madeirense em abril, ao fim de 37 anos no cargo, será distinguido com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.

Na cerimónia, que irá realizar-se pelas 11:30 no Palácio de Belém, serão ainda condecorados o antigo presidente da Assembleia Legislativa Regional Miguel Mendonça, que receberá a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e o antigo secretário de Estado do Turismo Bernardo Trindade, que será distinguido com a Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

O antigo vice-presidente da Assembleia da República Guilherme Silva será condecorado como Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique), enquanto o antigo deputado à Assembleia da República Manuel Correia de Jesus será agraciado como Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Lusa

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Marcelo reúne-se na quarta-feira com Putin

    País

    O Presidente da República reúne-se na quarta-feira, em Moscovo, com o líder russo, Vladimir Putin, informou este domingo a Presidência. Marcelo Rebelo de Sousa estará na capital da Federação Russa para assistir ao jogo da seleção portuguesa na fase final do Mundial de Futebol com a equipa de Marrocos

  • Novo busto de Ronaldo foi pedido pelo Museu CR7
    2:07
  • Grécia e Macedónia assinam acordo histórico
    2:02

    Mundo

    A Grécia e a Macedónia assinaram um acordo histórico para mudar o nome da antiga República Jugoslava para República da Macedónia do Norte. Em causa está um problema diplomático entre os dois países que dificultou os planos da Macedónia em aderir à União Europeia e às Nações Unidas.