sicnot

Perfil

País

Vinte carros arrastados em enxurrada na Ribeira Grande, Açores

A chuva intensa que hoje caiu no concelho da Ribeira Grande, ilha de São Miguel, Açores, provocou uma enxurrada que arrastou cerca de 20 carros na freguesia de Santa Bárbara, disse à agência Lusa o presidente da câmara local.

"Devido à chuva forte, houve uma enxurrada na rua do Biscoito que arrastou cerca de 20 carros, mas só há danos materiais", afirmou Alexandre Gaudêncio, explicando que a via é inclinada e no momento da chuva intensa, pelas 17:00 (18:00 em Lisboa), estavam muitos carros estacionados por ser dia de Natal.

Alexandre Gaudêncio referiu que a limpeza da via já está em curso pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, com o apoio de equipamento do Governo Regional.

"Temos várias equipas mobilizadas, incluindo das juntas de freguesia, e também maquinaria da Secretaria Regional do Turismo e Transportes", adiantou.

Segundo o autarca, a "enxurrada deveu-se ao facto de o solo já não conseguir absorver água, dada a pluviosidade intensa que se tem registado nas últimas semanas", referindo ter havido, ainda, na freguesia da Ribeirinha uma "pequena derrocada".

O Governo Regional dos Açores fez saber que os secretários regionais do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, e da Agricultura e Ambiente, Luís Viveiros, "estão no local a acompanhar os efeitos das enxurradas na freguesia de Santa Bárbara".

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou sob aviso amarelo o grupo oriental do arquipélago dos Açores (ilhas de São Miguel e Santa Maria) devido à previsão de chuva até às 07:00 de sábado (hora de Lisboa).

O mesmo aviso foi emitido para o grupo central (Graciosa, Faial, Terceira, Pico e São Jorge) até às 24:00 de hoje.

O aviso amarelo é o segundo menos grave de uma escala de quatro e representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Lusa

  • Depois do Fogo
    23:30

    Reportagem Especial

    Foi o incêndio mais mortífero de que há memória. No dia 17 de junho, as chamas apanharam desprevenidos moradores de vários concelhos e fizeram pelo menos 64 mortos. O incêndio prolongou-se durante vários dias deixando um rasto de histórias de perda e de sobrevivência, mas também de solidariedade de um sem número de pessoas anónimas.

  • "A menina agora volta para casa. Nós não." 

    Foi o desabafo do Cesário que me fez escrever qualquer coisa sobre o que vivi na última semana. Eram dez e pouco da noite, tinha acabado a vigília de homenagem às vítimas em Figueiró dos Vinhos e ele ainda tinha na mão um balão branco que àquela hora já só estava meio cheio. Era o último dia de uma longa e dura jornada de trabalho e estávamos a arrumar as coisas para no dia seguinte regressarmos a Lisboa.

    Débora Henriques

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Novo avião da TAP com pintura retro
    0:36

    Economia

    O novo avião da TAP chama-se "Portugal", tem uma pintura retro e vai sobrevoar os céus do pais a partir desta segunda-feira. A companhia aérea explica que o nome e a pintura são uma forma de homenagear a ligação histórica entre a empresa e o país.

  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia.