sicnot

Perfil

País

Médicos recusam ficar nas urgências em regime de exclusividade

Médicos recusam ficar nas urgências em regime de exclusividade

Os médicos recusam ficar nos serviços de urgência em regime de exclusividade, como pretende o Ministério da Saúde. A Ordem alerta que a medida agora anunciada pelo novo governo pode levar milhares de médicos à exaustão.

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.