sicnot

Perfil

País

Mulheres ocupavam 9% dos cargos executivos em Portugal em 2014

As mulheres ocupavam 9% dos cargos executivos em Portugal em 2014, verificando-se um aumento de um ponto percentual face ao ano anterior, mas uma redução relativamente a 2012, revela um estudo do Instituto Europeu para a Igualdade de Género (EIGE).

© Tim Wimborne / Reuters

O estudo "Igualdade de Género no Poder e Tomada de Decisão", que foi realizado entre 2003 e 2014, pretendeu monitorizar o progresso dos Estados-membros da União Europeia em termos de Igualdade de Género, no que concerne ao poder e à tomada de decisão

Segundo o estudo do EIGE (sigla em inglês), as mulheres representam atualmente 21% dos cargos não executivos na UE e 13% dos cargos executivos.

Na maioria dos Estados-Membros, a representação das mulheres nos cargos não executivos tem sido maior do que nos executivos entre 2012 e 2014, à exceção de nove países (República Checa, Estónia, Grécia, Croácia, Chipre, Hungria, Malta, Portugal, Roménia) nos quais, num ou mais ano, as mulheres estavam melhor representadas entre os executivos.

Em 2012, as mulheres ocupavam 10% dos cargos executivos em Portugal, número que desceu para 8% em 2013 e voltou a subir para 9% em 2014.

Relativamente aos cargos não executivos, em 2012 estes eram ocupados por mulheres em 7% dos casos, peso que subiu para 10% no ano seguinte e se manteve em 2014.

Relativamente à representação das mulheres e dos homens em altos cargos judiciais, o estudo refere que em Portugal, Espanha e Reino Unido as mulheres estão praticamente ausentes nestes lugares (menos de 15%).

As mulheres e os homens estão igualmente representados nestes cargos em seis países da União Europeia (França, Croácia, Letónia, Luxemburgo, Hungria, Eslováquia), mas na Bulgária e na Roménia estes lugares são ocupados maioritariamente por mulheres (mais de 60%).

O estudo, divulgado no site da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), conclui que, apesar do envolvimento político e dos esforços para reduzir as desigualdades de género, as mulheres ainda enfrentam desafios injustos nas suas vidas, como acontece nos processos de tomada de decisão em que estão sub-representadas em várias posições de liderança a nível político e económico, em vários países da União Europeia.

De acordo com o estudo, os homens dominam os bancos centrais, os ministérios das finanças e as salas de reuniões em toda a Europa com apenas um em cada 25 lugares de topo a ser ocupado por uma mulher.

Lusa

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC