sicnot

Perfil

País

Alex aproxima-se do grupo oriental dos Açores

Alex aproxima-se do grupo oriental dos Açores

Por volta das 11:30, o furacão Alex estava a 100km a sul da ilha Terceira do arquipélago dos Açores. Nuno Moreira, do IPMA, diz que o furacão continua a evoluir para norte, como previsto. E explica também a formação invulgar deste fenómeno.

  • Furacão Alex passa a tempestade tropical

    País

    O furacão Alex passou hoje a tempestade tropical após ter atravessado o arquipélago dos Açores, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). A passagem do furacão acabou por ser menos grave do que se temia. O fenómeno atmosférico passou a cerca de 20 quilómetros da Terceira, mas a ilha foi atingida pela parte menos ativa do furacão. A Proteção Civil registou 36 ocorrências até ao início da tarde. O aviso vermelho foi desativado entretanto. Ao longo o dia acompanhamos aqui a situação, ao minuto.

  • Furação Alex obriga a precaução redobrada em S. Roque, na ilha de S. Miguel
    3:38

    País

    A aproximação do furação Alex está a provocar um aumento do vento e da ondulação sobretudo nas ilhas dos grupos central e oriental dos Açores. S. Roque é uma das zonas da ilha de S. Miguel que mais está a preocupar as autoridades. Nas últimas horas, a população teve de tomar algumas medidas. A repórter da SIC, Ana Peneda Moreira, tem acompanhado todos os trabalhos, numa altura em que o mar está cada vez mais perigoso e o vento a soprar com mais intensidade.

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.