sicnot

Perfil

País

Alex aproxima-se do grupo oriental dos Açores

Alex aproxima-se do grupo oriental dos Açores

Por volta das 11:30, o furacão Alex estava a 100km a sul da ilha Terceira do arquipélago dos Açores. Nuno Moreira, do IPMA, diz que o furacão continua a evoluir para norte, como previsto. E explica também a formação invulgar deste fenómeno.

  • Furacão Alex passa a tempestade tropical

    País

    O furacão Alex passou hoje a tempestade tropical após ter atravessado o arquipélago dos Açores, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). A passagem do furacão acabou por ser menos grave do que se temia. O fenómeno atmosférico passou a cerca de 20 quilómetros da Terceira, mas a ilha foi atingida pela parte menos ativa do furacão. A Proteção Civil registou 36 ocorrências até ao início da tarde. O aviso vermelho foi desativado entretanto. Ao longo o dia acompanhamos aqui a situação, ao minuto.

  • Furação Alex obriga a precaução redobrada em S. Roque, na ilha de S. Miguel
    3:38

    País

    A aproximação do furação Alex está a provocar um aumento do vento e da ondulação sobretudo nas ilhas dos grupos central e oriental dos Açores. S. Roque é uma das zonas da ilha de S. Miguel que mais está a preocupar as autoridades. Nas últimas horas, a população teve de tomar algumas medidas. A repórter da SIC, Ana Peneda Moreira, tem acompanhado todos os trabalhos, numa altura em que o mar está cada vez mais perigoso e o vento a soprar com mais intensidade.

  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.