sicnot

Perfil

País

Euromilhões de sexta-feira com "jackpot" de 104 milhões de euros

O próximo concurso do Euromilhões, de sexta-feira, terá um "jackpot" de 104 milhões de euros em virtude de não ter sido apurado qualquer totalista no sorteio de hoje, informou a Santa Casa Misericórdia de Lisboa.

O segundo prémio vai ser distribuído por dois apostadores no estrangeiro, que vão receber, cada um, cerca de 685 mil euros.

Nove apostadores, dois dos quais em Portugal, acertaram no terceiro prémio, cabendo a cada um prémio de cerca de 50,7 mil euros.

O quarto prémio vai ser distribuído por 36 apostadores, cinco dos quais em Portugal, que vão receber um prémio individual de 6.342,59 euros.

A combinação vencedora do concurso 06/2016 do Euromilhões, hoje sorteada, é composta pelos números 02-30-38-43-46 e as estrelas 02 e 07.

Lusa

  • Raspadinha ultrapassa receita do euromilhões
    3:12

    Economia

    Pela primeira vez a raspadinha bateu as receitas do euromilhões. O sucesso da lotaria instantânea tem vindo a crescer nos últimos 5 anos. O jogo represente agora 58% das vendas totais da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

  • Jackpot de 162 milhões de euros no Euromilhões

    País

    O próximo Euromilhões vai ter um jackpot de 162 milhões de euros. Esta terça-feira ninguém acertou na chave do primeiro prémio, que acumula para sexta-feira. O segundo prémio vai ser distribuído por dois apostadores estrangeiros. Em Portugal, cinco pessoas ganharam o quatro prémio. Cada uma vai receber cerca de 6.300 euros.

  • Único totalista do Euromilhões registou boletim numa pequena tabacaria de Coimbra
    1:56

    País

    O jackpot do Euromilhões saiu a um único totalista português. O boletim vencedor dos 163 milhões de euros foi registado numa pequena tabacaria em Coimbra. Esta manhã, muitos clientes habituais passaram pelo espaço para tentar saber quem foi o contemplado. O repórter da SIC Miguel Ângelo Marques esteve no estabelecimento e falou com a proprietária.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27