sicnot

Perfil

País

Euromilhões de sexta-feira com "jackpot" de 104 milhões de euros

O próximo concurso do Euromilhões, de sexta-feira, terá um "jackpot" de 104 milhões de euros em virtude de não ter sido apurado qualquer totalista no sorteio de hoje, informou a Santa Casa Misericórdia de Lisboa.

O segundo prémio vai ser distribuído por dois apostadores no estrangeiro, que vão receber, cada um, cerca de 685 mil euros.

Nove apostadores, dois dos quais em Portugal, acertaram no terceiro prémio, cabendo a cada um prémio de cerca de 50,7 mil euros.

O quarto prémio vai ser distribuído por 36 apostadores, cinco dos quais em Portugal, que vão receber um prémio individual de 6.342,59 euros.

A combinação vencedora do concurso 06/2016 do Euromilhões, hoje sorteada, é composta pelos números 02-30-38-43-46 e as estrelas 02 e 07.

Lusa

  • Raspadinha ultrapassa receita do euromilhões
    3:12

    Economia

    Pela primeira vez a raspadinha bateu as receitas do euromilhões. O sucesso da lotaria instantânea tem vindo a crescer nos últimos 5 anos. O jogo represente agora 58% das vendas totais da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

  • Jackpot de 162 milhões de euros no Euromilhões

    País

    O próximo Euromilhões vai ter um jackpot de 162 milhões de euros. Esta terça-feira ninguém acertou na chave do primeiro prémio, que acumula para sexta-feira. O segundo prémio vai ser distribuído por dois apostadores estrangeiros. Em Portugal, cinco pessoas ganharam o quatro prémio. Cada uma vai receber cerca de 6.300 euros.

  • Único totalista do Euromilhões registou boletim numa pequena tabacaria de Coimbra
    1:56

    País

    O jackpot do Euromilhões saiu a um único totalista português. O boletim vencedor dos 163 milhões de euros foi registado numa pequena tabacaria em Coimbra. Esta manhã, muitos clientes habituais passaram pelo espaço para tentar saber quem foi o contemplado. O repórter da SIC Miguel Ângelo Marques esteve no estabelecimento e falou com a proprietária.

  • Negócios do fogo
    22:00

    Reportagem Especial

    Todos os anos, o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos incêndios. A reportagem especial da SIC denuncia falta de rigor e clareza em muitos dos negócios.

  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.