sicnot

Perfil

País

Reclusos das prisões portuguesas distinguidos pelo talento artístico

Mais de 180 reclusos de 29 prisões foram selecionados para o concurso "Mostra de Autores Desconhecidos", que lhes reconhecerá o talento artístico, da literatura à música, anunciou a Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC).

Teatro Nacional de São Carlos.

Teatro Nacional de São Carlos.

www.tnsc.pt

Esta "Mostra de Autores Desconhecidos" é uma iniciativa de responsabilidade social da IGAC e nesta segunda edição é feita em parceria com a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, abrangendo o universo dos reclusos em prisões portuguesas.

De acordo com o IGAC, o concurso contou com a participação de 439 reclusos, que inscreveram trabalhos nas categorias de Literatura, Artes Visuais, Banda Desenhada, Música e Teatro, tendo o júri selecionado 186 participantes finalistas, de 29 prisões.

Esta segunda edição do concurso tinha como tema "Desenvolvimento: faz a diferença e liberta uma ideia".

Os vencedores serão anunciados a 4 de fevereiro no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, e os trabalhos vencedores ficarão disponíveis para consulta em www.autoresdesconhecidos.pt.

Do júri que avaliou os trabalhos apresentados fizeram parte, entre outros, o poeta José Tolentino de Mendonça, o jornalista António Mateus, a encenadora Mónica Calle, o cantor Luís Represas e o grupo Mão Morta.

O concurso "Mostra de Autores Desconhecidos" teve a primeira edição em 2014, dirigida a pessoas "enquadradas em funções de apoio em zonas urbanas menos favorecidas".

Esta é uma iniciativa de responsabilidade social que faz parte do V Plano Nacional para a Igualdade de Género, Cidadania e Não-discriminação 2014-2017, "que visa a inclusão social de homens e mulheres, enquadrados em ambientes económica ou socialmente vulneráveis, através da criação artística", refere a IGAC.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.