sicnot

Perfil

País

Pescador português desaparecido ao largo da Galiza

Um pescador português está desaparecido desde ontem à tarde, ao largo da Galiza. O homem estaria à pesca do robalo, a bordo de uma embarcação pequena, com um outro pescador, espanhol.

O nível da água do mar já aumentou cerca de 20 centímetros desde 1880,  refere o estudo

O nível da água do mar já aumentou cerca de 20 centímetros desde 1880,  refere o estudo

© Daniel Munoz / Reuters

De acordo com o jornal Faro, de Vigo, a autoridade marítima espanhola localizou o barco, mas as equipas de socorro ainda não se conseguiram aproximar dele, por causa do mau tempo.

Segundo o Jornal de Notícias, o português tem 30 anos, mora em Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha.

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.