sicnot

Perfil

País

Risco de morte em acidentes entre jovens é 30% superior ao da restante população

O risco de morte em acidentes rodoviários entre jovens dos 18 e os 24 anos é cerca de 30 por cento superior ao da restante população, segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

A ANSR apresenta hoje as estatísticas da sinistralidade rodoviária envolvendo jovens durante a cerimónia de lançamento da edição de 2016 do programa de segurança rodoviária "BP Segurança ao Segundo", destinado a futuros condutores.

Com base no historial dos acidentes dos jovens entre os 18 e os 24, a ANSR indica que a maioria dos acidentes, com mortos ou feridos graves, são despistes, ocorrem dentro das localidades, durante a noite e a madrugada, sobretudo aos fins de semana.

De acordo com a ANSR, esta realidade é explicada pela "inexperiência dos jovens condutores, as suas caraterísticas psicológicas e pelos cinco principais fatores de risco identificados para esta faixa etária: velocidade, álcool, telemóvel, fadiga e a não utilização do cinto de segurança".

Perante estes dados, a sensibilização dos jovens e futuros condutores para as questões da segurança na estrada "é de extrema relevância e preocupação por parte da administração central" e do "setor empresarial que tem desenvolvido todos os esforços para ajudar a combater os níveis de sinistralidade registados na faixa etária entre os 14 e os 18 anos e os seus principais fatores de risco", adianta a ANSR.

Nesse sentido, realiza-se desde 2012 esta campanha rodoviária para sensibilizar os futuros condutores, tendo já envolvido mais de três mil jovens e quase duas centenas de escolas secundárias.

A sessão de apresentação da campanha, que se realiza nas instalações da ANSR, nos arredores de Lisboa, conta com a presença do secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.