sicnot

Perfil

País

Onze distritos sob aviso amarelo devido ao frio

Onze distritos de Portugal continental vão estar hoje sob Aviso Amarelo devido ao tempo frio, com persistência de valores baixos de temperatura mínima, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Segundo o IPMA, os distritos de Bragança, Viseu, Évora, Porto, Guarda, Vila Real, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra, Portalegre e Braga vão estar sob Aviso Amarelo para o tempo frio, aviso que irá vigorar entre as 21:00 de hoje e as 09:00 de sexta-feira.

O Aviso Amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

De acordo com a previsão do IPMA para quarta-feira, as temperaturas mínimas vão rondar os -3 graus Celsius na Guarda e em Bragança, as cidades mais frias do país, onde as máximas não vão além dos 6 e 7 graus, respetivamente, e os sete de mínima em Faro.

Na cidade de Lisboa as temperaturas vão oscilar entre os 4 de mínima e os 14 de máxima, no Porto entre os 4 e os 11, Coimbra entre os 2 e os 12 e em Viseu entre os -1 e os 8.

Em Santarém e em Beja as temperaturas mínimas e máximas vão oscilar entre os dois graus Celsius e os 14, e em Faro os termómetros podem chegar aos 15 de máxima (cinco de mínima).

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19