sicnot

Perfil

País

Ministério da Saúde quer reduzir tempo de espera nos hospitais

Ministério da Saúde quer reduzir tempo de espera nos hospitais

O Ministério da Saúde quer reduzir em 25% o tempo de espera em cirurgias, consultas e urgências. A solução passa por penalizar os financiamentos dos que não cumprirem e beneficiar os cumpridores que recebem um prémio que pode ir até 5% do orçamento anual.O ministro da Saúde, Adalberto Fernandes, quer que o resultado de 2017 seja positivo, depois de ter revelado em janeiro que encontrou um saldo negativo na saúde de 260 milhões de euros.

  • Unidades de Saúde em Portalegre certificadas pela DGS
    3:59

    País

    Cada vez mais a proximidade é fundamental para bons cuidados de saúde. No distrito de Portalegre, com populações idosas e isoladas, a medicina familiar está a reinventar-se e os procedimentos da Unidade de Saúde Familiar "Portus Alacer" em Portalegre e o Hospital de Dia de Elvas já foram certificados pela Direção-Geral de Saúde, garantindo assim as boas práticas na prestação de cuidados de saúde. A Unidade de Saúde Familiar "Portus Alacer" privilegia a proximidade com os utentes, quer através de cuidados ao domicílio quer nos centros de saúde.

  • Homem morre à porta de centro de saúde
    2:43

    País

    Um homem de 56 anos morreu à porta do centro de saúde de Aguiar da Beira, que não tem um serviço de urgências.O colega de trabalho, que acompanhou a vítima ao centro de saúde, afirmou ao Ministério Público que só quando a vítima desmaiou no exterior do edifício é que os profissionais de saúde o foram buscar.Esta tragédia reabre a questão da distância e da falta de meios de socorro.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.