sicnot

Perfil

País

Jovem acusado de homicídio qualificado julgado a 4 de abril

O jovem de Salvaterra de Magos acusado de homicídio qualificado e profanação de cadáver começa a ser julgado a 4 de abril. Os pais da avançaram com um pedido de indemnização de 280 mil euros, que foi admitido pelo Ministério Público.

Daniel Neves é acusado dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver. (Arquivo)

Daniel Neves é acusado dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver. (Arquivo)

SIC

Quatro dias antes de ser apresentado ao Juiz de Instrução Criminal, em Santarém, o rapaz tinha-se encontrado com a vítima, Diogo Filipe, de 14 anos, no 4º andar de um prédio.

Segundo a acusação, o suspeito terá desferido vários golpes no corpo da vítima, acabando por matá-la com uma barra de ferro.

Após o crime, o arguido terá ainda arrastado o corpo até ao sótão do prédio e foi nesse local que a Polícia Judiciária descobriu o corpo três dias depois.

Os pais de Filipe Diogo, que se constituíram assistentes no processo, avançaram com um pedido de indemnização de 280 mil euros, que foi admitido pelo Ministério Público.

Daniel Neves é acusado dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver e está em prisão preventiva num estabelecimento prisional para jovens, em Leiria a aguardar julgamento já em abril.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.