sicnot

Perfil

País

Rapaz encontrado morto em Portimão vai ser autopsiado amanhã

O adolescente hoje encontrado morto num terreno baldio próximo da sua casa, em Portimão, vai ser autopsiado na quinta-feira ao início da manhã, disse à Lusa fonte do Instituto Nacional de Medicina Legal (INML).

Segundo a mesma fonte, a autópsia ao jovem, vítima de homicídio, será realizada no Gabinete Médico-Legal e Forense do Barlavento, situado no complexo do hospital de Portimão, para onde o cadáver foi encaminhado.

A coordenadora daquele gabinete acompanhou as autoridades policiais nas diligências realizadas no local onde o corpo foi encontrado, logo pela manhã, fazendo uma primeira observação ao cadáver, concluiu a mesma fonte.

A mãe do jovem encontrado hoje morto em Portimão foi ouvida durante praticamente todo o dia pelos inspetores da PJ, "sempre na qualidade de testemunha", não sendo, para já, considerada suspeita no processo, disse à Lusa fonte policial.

Durante as diligências já realizadas, os inspetores da PJ "encontraram indícios de crime", acrescentando esta fonte que há suspeita de que "o menor foi vítima de homicídio" e que as investigações vão prosseguir.

O corpo do rapaz, de 15 anos, foi descoberto pouco depois das 09:00 de hoje num terreno baldio entre o sítio das Vendas e o Malheiro, no concelho de Portimão, junto ao hospital da cidade, nas imediações da casa onde vivia.

O rapaz frequentava um curso de Cozinha na cidade vizinha de Lagoa, tendo faltado às aulas três dias antes de a mãe ter comunicado às autoridades o seu desaparecimento, no dia 22 de fevereiro.

O padrasto do menor, de nacionalidade brasileira, viajou para o Brasil no dia do desaparecimento do jovem, de acordo com o jornal Correio da Manhã.

Lusa

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.