sicnot

Perfil

País

Manuel Damásio detido na operação Rota do Atlântico

Foi detido hoje Manuel Damásio, antigo presidente do Benfica, por suspeitas de branqueamento de capitais e tráfico de influências. Está a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa.

(Arquivo)

(Arquivo)

Manuel Damásio está acompanhado de dois advogados de defesa.

A detenção aconteceu às 10:00, no âmbito da operação Rota do Atlântico, em que é arguido José Veiga.

Este processo envolve também, além do empresário José Veiga, em prisão preventiva, Paulo Santana Lopes, que esta em prisão domiciliária até pagar uma caução no valor de um milhão de euros.

Já a advogada Maria de Jesus Barbosa saiu em liberdade e está proibida de contactar os restantes arguidos.

A 8 de fevereiro, a Procuradoria-Geral da República (PGR) emitiu um comunicado, no qual referia que o inquérito relativo à Rota do Atlântico tinha nove arguidos: quatro pessoas singulares e cinco pessoas coletivas (empresas ou instituições)

Em causa, nesta investigação, adiantava a PGR, estão suspeitas da prática dos crimes de corrupção no comércio internacional, branqueamento, fraude fiscal e tráfico de influência.

Última atualização às 16:10

Com Lusa

  • Veiga em prisão preventiva no processo Rota do Atlântico
    3:29

    País

    José Veiga vai ficar em prisão preventiva. Paulo Santana Lopes fica em prisão domiciliária até pagar uma caução no valor de um milhão de euros. A decisão do juiz Carlos Alexandre foi conhecida já esta noite, cinco dias após as detenções no âmbito do processo Rota do Atlântico. A outra arguida, a advogada Maria Jesus Barbosa saiu em liberdade com proibição de contactos com os arguidos, testemunhas e suspeitos do processo.

  • Paulo Santana Lopes proibido de contactar Miguel Relvas e Sérgio Monteiro
    1:51

    País

    Paulo Santana Lopes, irmão do ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes e um dos principais arguidos da Operação Rota do Atlântico está proibido de falar com o antigo ministro Miguel Relvas e o antigo secretário de Estado Sérgio Monteiro. Ambos negam ao Expresso qualquer ligação com os factos que estão sob investigação e pouco contacto com os dois principais arguidos.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a secretaria regional de solidariedade social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho.Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.