sicnot

Perfil

País

Legionella foi uma forma habilidosa de fechar Hospital da Régua, acusa médico

Legionella foi uma forma habilidosa de fechar Hospital da Régua, acusa médico

Depois de ter sido encerrado há uma semana por causa da presença da Legionella na rede da água, aguardam-se respostas sobre o futuro do Hospital da Régua. Um médico acredita que foi uma forma habilidosa de fechar de vez a unidade hospitalar e decidiu colocar uma faixa junto à entrada do hospital, em sinal de protesto.

Uma semana depois da deteção de 'legionella' ter fechado o hospital da Régua ainda não há decisão oficial sobre a reabertura desta unidade hospitalar onde foi colocada uma tarja com a pergunta "Quem te pariu 'legionella?'".

O conselho de administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) informou hoje que se está a proceder à "realização de contra-análises com vista a salvaguardar a qualidade da água no hospital da Régua" e que, só depois, se poderá pronunciar relativamente ao futuro da unidade hospitalar.

O Hospital D. Luiz I, no Peso da Régua, fechou no dia 03 após ter sido detetada "legionella" na rede de água deste edifício parcialmente fechado e onde apenas estava em funcionava um piso, designadamente a do internamento. Os 12 utentes foram transferidos para o hospital de Chaves.

O médico Eduardo Miranda mandou, entretanto, colocar uma tarja em frente a esta unidade hospitalar onde se pode ler "Quem te pariu legionela?".

O clínico, agora a trabalhar no setor privado mas que iniciou a sua carreira profissional neste hospital, assumiu aos jornalistas que a colocação da tarja em frente ao edifício foi "uma provocação" porque tem "dúvidas" sobre o caso 'legionella' e teme que tudo não tenha passado de uma estratégia para encerrar o hospital.

"Depois de tudo o que nos têm feito em relação ao hospital, eu tenho dúvidas sobre a 'legionella' e tenho dúvidas porque, ao longo dos últimos anos, este hospital tem sido menorizado e a intenção é clara e é a de tentar encerrar isto por questões economicistas ou outras", salientou o médico.

Eduardo Miranda referiu que já solicitou à Direção-Geral de Saúde informações sobre "as análises e os pontos de colheita onde foi detetada" a bactéria, frisou que a sua "dúvida é mais do que legítima" e disse estranhar que o município da Régua "não tome uma posição com mais frontalidade" sobre o assunto.

Contactado pela agência Lusa, o presidente da câmara, Nuno Gonçalves, não quis, para já, falar sobre o caso.

O clínico defendeu que o hospital da Régua "tem condições para exercer um bom serviço público às populações e pode ser uma complementaridade do hospital de Vila Real".

"A minha ideia é que isto é uma desculpa para fechar de vez. Eu dou o meu apoio total ao senhor doutor Eduardo Miranda nesta luta pelo hospital porque a nossa terra fica mais pobre", afirmou Paulo Carvalho, residente na Régua.

O CHTMAD reiterou que, desde o início, "foram aplicadas todas as medidas preventivas e obrigatórias para controlo e eliminação do aparecimento desta bactéria, garantindo assim a segurança dos doentes e profissionais".

Os resultados da contra-análise vão ser agora avaliados pelo Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde (ARS) Norte e a Direção Geral de Saúde (DGS).

Relativamente aos pacientes, o centro hospitalar referiu que quatro dos 12 utentes que se encontravam internados na Régua já foram transferidos, designadamente três para unidades de cuidados continuados da região e um para o Hospital de Lamego.

Durante o dia de hoje e sexta-feira serão transferidos os restantes doentes, quatro para Lamego e quatro para o hospital de Vila Real, para colocar os pacientes mais próximos da sua área de residência.

Por sua vez, na segunda-feira, os profissionais de saúde deslocados para a unidade hospitalar de Chaves vão ser transferidos para Vila Real e Lamego, uma solução acordada entre o conselho de administração e os profissionais.

Com Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartindo de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas siamesas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC