sicnot

Perfil

País

Condenado a um ano de prisão por ser apanhado 10 vezes a conduzir sem carta

O Tribunal da Relação do Porto condenou a um ano de prisão efetiva um homem, de 31 anos, apanhado dez vezes a conduzir sem carta, entre 2004 e 2015.

(Arquivo)

(Arquivo)

O arguido, residente em Oliveira de Azeméis, tinha sido condenado pelo tribunal local a uma pena de 12 meses de prisão, a cumprir em 72 fins de semana, após a última vez que foi apanhado a conduzir sem carta, no dia 11 de junho de 2015.

Inconformado com a decisão, o Ministério Público recorreu para a Relação do Porto que decidiu que a pena de prisão aplicada deve ser cumprida efetivamente, atendendo ao facto de o arguido ser reincidente.

No acórdão, o Tribunal da Relação do Porto lembra que o arguido já contava com dez condenações anteriores, nove das quais pelo crime de condução de veículo sem habilitação legal e uma por um crime de condução em estado de embriaguez.

Em três desses processos foi condenado com multas e nos restantes foi condenado em penas de prisão - quatro vezes suspensa na sua execução, duas vezes substituída por trabalho a favor da comunidade e uma substituída por prisão por dias livres, a cumprir em 72 fins de semana.

"A prevenção geral não fica satisfeita quando alguém é condenado 10 vezes por crime condução sem habilitação legal, sempre em penas não privativas de liberdade ou em penas de substituição", lê-se no acórdão.

Os juízes desembargadores dizem ainda que o arguido revela "uma personalidade anti-jurídica espelhada nas condenações penais que já sofreu" e "não consegue ser fiel ao direito sem ajuda das instâncias formais de controlo e reação que estão a jusante dos tribunais".

Por tudo isto, o Tribunal concluiu que "o juízo de prognose é desfavorável à aplicação da pena de substituição", sustentando que "apenas a prisão contínua propicia ao condenado as necessárias condições de ressocialização".

O crime de condução sem carta é punido com pena de prisão até dois anos ou com pena de multa até 240 dias.

Lusa

  • Tirar a carta vai ficar mais caro
    1:10

    País

    Tirar a carta de condução vai ficar mais caro. Passa a ser obrigatório os alunos percorrerem 500 quilómetros durante as aulas práticas e cresce também o número de horas das aulas de condução. As novas regras entraram em vigor esta semana.

  • Manual da "Carta por pontos" divulgado hoje, escolas preparam cursos

    País

    O novo manual da "Carta por pontos" é hoje apresentado em Moimenta da Beira. Entrará em vigor a 1 de junho de 2016 e vai permitir que os condutores evitem a apreensão da carta. As escolas de condução já estão a preparar as ações de formação que vão permitir aos condutores aumentarem os pontos da sua carta.

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".