sicnot

Perfil

País

Tribunal absolveu Angélico Vieira da responsabilidade do acidente que o vitimou mortalmente

O Tribunal da Relação do Porto absolveu o ator e cantor Angélico Vieira da responsabilidade do acidente que o vitimou mortalmente.

Os desembargadores anulam assim a decisão de primeira instância que no ano passado tinha condenado os pais do cantor, o stand que vendeu o veículo e o fundo de garantia automóvel a pagar solidariamente 117 mil euros à família da outra vítima mortal do acidente e 2500 ao Instituto da Segurança Social.

A indemnização terá agora que ser paga apenas pelos outros dois réus.

  • "É abusivo falar de fuga ao fisco"
    4:10

    Economia

    Dez mil milhões de euros é o valor de que se fala das transferências para contas offshore, que terão escapado à Autoridade Tributária. O número impressiona, mas é preciso notar que este dinheiro é capital que sai do país e o capital não está sujeito ao pagamento de imposto só porque sai do país. O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro esteve no Jornal da Noite para dar mais explicações sobre o caso.