sicnot

Perfil

País

Pouco aparato policial em fronteiras portuguesas

Pouco aparato policial em fronteiras portuguesas

Depois dos atentados em Bruxelas que mataram 31 pessoas, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras português elevou os níveis de segurança. Contudo, isto não significou o aumento do policiamento nas fronteiras portuguesas. Na fronteira do Guadiana, por exemplo, só é visível a fiscalização da concessionária da A22 devido às portagens. Em Vilar Formoso também não há aparato policial.

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.