sicnot

Perfil

País

Açores e quatro distritos do Norte sob Aviso Amarelo devido a vento forte

Quatro distritos do país e parte do arquipélago dos Açores vão estar no sábado sob Aviso Amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de vento forte e agitação marítima.

LUSA

De acordo com informação hoje disponível da página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Braga e Porto vão estar sob 'Aviso Amarelo' entre as 9:00 e as 18:00 de sábado devido à previsão de vento forte a muito forte de sudoeste com rajadas até 100 quilómetros por hora nas terras altas.

Os grupos Ocidental e Central do Arquipélago dos Açores vão estar igualmente sob 'Aviso Amarelo', mas a partir das 00:00 e até às 12:00 de sábado, devido à previsível "altura significativa das ondas", alerta o IPMA, que especifica serem esperadas ondas de Noroeste com 6 metros.

O Aviso Amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje céu geralmente muito nublado e com períodos de chuva fraca no Norte e Centro do país e pouco nublado no Sul.

Durante o dia de hoje o vento será em geral fraco, soprando temporariamente moderado nas terras altas.

Quanto às temperaturas, o IPMA prevê uma subida da temperatura mínima no Norte e descida da temperatura máxima.

Em Lisboa, a temperatura vai variar entre os 9 e os 18 graus celsius, no Porto entre os 7 e os 16 e em Faro entre os 9 e os 19.

Lusa

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.