sicnot

Perfil

País

Operação Páscoa da GNR regista um morto e 75 feridos

Operação Páscoa da GNR regista um morto e 75 feridos

A Operação Páscoa da GNR começou ontem a intensificar a fiscalização rodoviária. Até ao momento já foram contabilizados 235 acidentes, uma vítima mortal e 75 feridos. Com a previsão de chuva para o fim de semana, a GNR vai estar especialmente atenta ao excesso de velocidade. A operação decorre até domingo.

  • Operação Páscoa da GNR arrancou hoje
    1:29

    País

    A Operação Páscoa da GNR começou à meia-noite e vai prolongar-se até domingo. A GNR vai estar atenta à utilização do cinto de segurança, ao excesso de velocidade e à condução sob o efeito do álcool. Na Operação Páscoa do ano passado foram registados 668 acidentes, 6 mortos e 18 feridos graves.

  • GNR reforça fiscalização de fronteiras terrestres durante férias da Páscoa
    4:58

    Edição da Manhã

    A GNR, em coordenação com a Guardia Civil espanola, vai intensificar durante as próximas duas semanas as ações de fiscalização nas fronteiras terrestres de Vilar Formoso, Caia e Vila Real de Santo António. Esta operação coincide com as férias da Páscoa que, todos os ano, levam milhares de jovens portugueses até Espanha em viagens de finalistas. Para nos falar desta operação "Spring Break", foi esta manhã nosso convidado o Capitão Ricardo Silva, da GNR.

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.