sicnot

Perfil

País

Costa pede estabilidade e consenso para aplicar Programa Nacional de Reformas

Costa pede estabilidade e consenso para aplicar Programa Nacional de Reformas

O primeiro-ministro pede amplo consenso e estabilidade para aplicar o Programa Nacional de Reformas. O documento com seis grandes prioridades estratégicas foi apresentado hoje e vai ser entregue em Bruxelas até ao final de Abril. Este programa vai ser financiado sobretudo com fundos europeus.

  • "A precariedade é o maior inimigo da produtividade"
    1:33

    Economia

    O primeiro-ministro disse hoje que "a precariedade é o maior inimigo da produtividade" e que, por isso, mesmo, será criado um plano nacional para combater este problema. Na apresentação do Programa Nacional de Reformas, António Costa adiantou ainda que uma das prioridades do Governo é alargar o acesso das crianças de 3 anos ao ensino pré-escolar.

  • Costa apresenta hoje o Plano Nacional de Reformas

    País

    O primeiro-ministro apresenta hoje, no Centro de Congressos de Lisboa, o Programa Nacional de Reformas, que envolverá até 11 mil milhões de euros nos próximos cinco anos, com apostas na qualificação e no combate ao sobre-endividamento das empresas. Depois de apresentado e antes de ser entregue a Bruxelas, o programa vai ser discutido por partidos e pela concertação social nas próximas semanas.

  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.