sicnot

Perfil

País

PSD tem de fazer uma oposição mais agressiva, diz Rangel

Em entrevista ao Público, o eurodeputado diz que o congresso do partido, este fim de semana, deve ser um ponto de partida para isso e insiste que o PSD tem de avançar sem esperar por eventuais ajudas do Presidente da República.

Paulo Rangel, no edificio da sede do Parlamento Europeu em Estrasburgo

Paulo Rangel, no edificio da sede do Parlamento Europeu em Estrasburgo

Luís Barra

Rangel sublinha que o PSD precisa de uma agenda reformista, com rostos novos, que poupem Passos Coelho de ter intervenções quase diárias.

O eurodeputado defende, no entanto, que Passos Coelho mantém as condições para continuar na liderança do PSD e rejeita estar a pensar numa eventual candidatura à presidência do partido.

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • "Temos que cuidar dos feridos, temos que recuperar os territórios"
    1:02

    País

    O primeiro-ministro disse hoje que, depois das chamas apagadas, agora é o tempo de passar das palavras aos atos, de decidir e executar. Após uma visita a feridos dos incêndios, em Coimbra, António Costa confirmou que o Conselho de Ministros do próximo sábado vai transformar em medidas as recomendações feitas pela comissão técnica independente.

  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06