sicnot

Perfil

País

Apreendida enorme quantidade de armas e material de guerra em Vila Real

A Polícia Judiciária de Vila Real apreendeu enormes quantidades de armas e material de guerra. Doze homens com idades entre os 30 e os 71 anos foram detidos. Um deles é um sargento paraquedista.

Arquivo

Arquivo

As armas e o equipamento bélico foram roubados de quartéis.

Os detidos são suspeitos de crimes de associação criminosa, tráfico e mediação de armas.

A Judiciária realizou 20 buscas em várias localidades do norte do país. Apreendeu mais de cinco mil munições, granadas, sabres, mil artigos de guerra e fardamento militar.

Esta é um assunto que desenvolveremos no Primeiro Jornal.

Ùltima atualização às 10:59

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Dijsselbloem mostra algum arrependimento mas recusa demitir-se
    2:40

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas escusa-se a comentar essa possibilidade. Para já, o holandês não se demite do cargo. Esta quinta-feira ouviu as críticas dos eurodeputados no Parlamento Europeu.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.