sicnot

Perfil

País

Ligação do metro de Lisboa à Linha de Sintra na Reboleira é inaugurada na quarta-feira

A nova estação da Reboleira da Linha Azul do Metropolitano de Lisboa, no concelho da Amadora, que vai permitir mais uma ligação à linha ferroviária de Sintra, vai ser inaugurada na quarta-feira, informou hoje a empresa transportadora.

A ligação do Metro de Lisboa na Reboleira deverá estar concluída durante o mês de Março.

A ligação do Metro de Lisboa na Reboleira deverá estar concluída durante o mês de Março.

"A partir do dia 13 de abril será possível viajar entre Reboleira e Marquês de Pombal, em 19 minutos e entre Reboleira e Baixa-Chiado, em 24 minutos", revelou a Transportes de Lisboa (TL), que integra a rodoviária Carris, o Metropolitano e a Transtejo.

A nova estação da Reboleira, que entra em funcionamento às 13:00, prolonga a Linha Azul da rede de metro numa extensão de 579 metros, criando um novo interface de transportes com os comboios da Linha de Sintra.

"Estima-se que, em velocidade cruzeiro, venham a utilizar esta nova estação cerca de sete milhões de passageiros/ano", lê-se no 'site' da empresa, prevendo que essa utilização permita "uma redução de cerca de 3.000 toneladas de CO2 produzido anualmente".

O Metropolitano tinha anunciado, em junho de 2015, "a abertura à exploração até ao final" do ano, após terem sido retomados os trabalhos do novo troço Amadora Este/Reboleira, mas a entrada em funcionamento da nova estação foi adiada por duas vezes, inicialmente para "o primeiro trimestre" de 2016, depois para o "início do segundo trimestre".

A abertura será agora concretizada a 13 de abril, muito depois de o estudo de impacte ambiental da obra, de 2007, ter previsto o início de exploração para agosto de 2010.

"Com a nova estação Reboleira é criado um novo interface multimodal que reforça o sistema de transportes da Área Metropolitana de Lisboa, reunindo metro, autocarros, comboio, táxis, ciclovia, e oferecendo, ainda, parqueamento de bicicletas e estacionamento automóvel", esclareceu a TL.

Segundo avançou a transportadora à agência Lusa, "o valor global do empreendimento é de cerca de 60 milhões de euros", contabilizando o investimento da primeira fase, superior a 45 milhões de euros, que também está abrangido por financiamento comunitário de 42,5 milhões do Fundo de Coesão, para despesas realizadas entre 2007 e 2015.

A primeira fase contemplou a construção do túnel, da estação e zona terminal da Reboleira, mas os trabalhos foram suspensos devido a problemas de financiamento.

A empreitada agora concluída, orçada em 8,795 milhões de euros, contemplou as especialidades "de construção civil, baixa-tensão, telecomunicações, via-férrea, eletromecânica e arranjos exteriores à superfície na zona adjacente à estação, na Rua das Indústrias e no Parque Armando Romão", explicou a TL.

A par das obras do metro, a Câmara da Amadora avançou com uma intervenção na Avenida D. Carlos I, para aumentar o estacionamento, reforçar a iluminação pública, criar zonas de estadia e fazer a ligação da pista de caminhada da Reboleira ao centro da cidade.

"Havendo este investimento da ligação do metro à ferrovia, também investimos para trazer mais segurança ao espaço público, para que as pessoas se sintam mais motivadas a usar o transporte público", salientou a presidente da autarquia, Carla Tavares (PS).

A intervenção, com "um investimento de cerca de 600 mil euros", teve como objetivo requalificar o espaço público entre o Bingo do Estrela da Amadora e a estação da Damaia, incluindo a valorização dos 600 lugares do parque de estacionamento da Infraestruturas de Portugal (ex-Refer) e uma centena de lugares junto ao interface da Reboleira.

As estações de Amadora Este, na Falagueira, e de Alfornelos foram inauguradas em maio de 2004, no âmbito do prolongamento do troço da Pontinha da Linha Azul que, com a ligação à linha ferroviária de Sintra, passa a ter uma extensão de 13,7 quilómetros, com 18 estações entre a Reboleira e Santa Apolónia (Lisboa).

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.