sicnot

Perfil

País

Proteção Civil alerta para chuva, queda de neve e vento forte

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu hoje um aviso à população devido ao previsível agravamento das condições do estado do tempo para os próximos dias, com chuva, queda de neve e vento forte.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

REUTERS

O aviso à população da ANPC surge após o contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevê aguaceiros pontualmente fortes, podendo ser de granizo e acompanhados de trovoada, durante o dia de hoje nas regiões do Centro e Sul e na terça-feira no Norte.

A Proteção Civil adianta que o IPMA prevê também vento forte no litoral e terras altas, com rajadas na ordem dos 70 e 90 quilómetros por hora respetivamente, e queda de neve acima dos 1.000 e 1.400 metros nas regiões do Norte e Centro.

A ANPC refere que, para terça-feira, "não se excluiu eventuais fenómenos extremos de vento" a acompanhar o agravamento da instabilidade.

Tendo em conta as condições meteorológicas, a ANPC alerta para o condicionamento ou encerramento de vias de circulação devido à queda de neve, piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e de gelo, possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte e possíveis acidentes na orla costeira.

No aviso à população sobre as medidas preventivas, a Proteção Civil refere que devem ser adotados os comportamentos adequados, sobretudo nas zonas historicamente mais vulneráveis.

Nesse sentido, a ANPC recomenda a adoção de uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água e de gelo nas vias rodoviárias, e transporte e colocação de correntes de neve nas viaturas sempre que se circular em áreas atingidas pela queda de neve.

A ANPC aconselha ainda a garantir uma adequada fixação de estruturas que possam estar soltas e ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, prestando atenção para a possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte, além de cuidados especiais ao circular junto à orla costeira, evitando a prática de atividades relacionadas com o mar.

Lusa

  • Centro comercial em Manchester evacuado

    Mundo

    Um centro comercial foi evacuado esta manhã, no centro de Manchester. Testemunhas dizem ter ouvido um "grande estrondo". O incidente acontece horas depois do ataque na Manchester Arena, no final da atuação da cantora Ariana Grande, no qual morreram pelo menos 22 pessoas. O espaço comercial em Manchester foi entretanto reaberto. A polícia começou a retirar o cordão de segurança, pouco tempo depois de ser dado o alerta. Uma pessoa foi detida.

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.