sicnot

Perfil

País

15 detidos por suspeitas de corrupção em repartições das finanças

15 detidos por suspeitas de corrupção em repartições das finanças

A Polícia Judiciária e Procuradoria-geral da República (PGR) confirmam que foram detidas 15 pessoas na megaoperação na Grande Lisboa que investiga suspeitas de corrupção na Autoridade Tributária. Um esquema que envolve altas chefias nas repartições de Finanças e que passaria por dar falsos perdões fiscais a empresas, a troco de dinheiro. As autoridades atribuíram-lhe o nome de Operação Tax Free.

No âmbito da operação, a PJ adianta que foram realizadas 120 buscas na região de Lisboa, com vista"à consolidação dos elementos probatórios" relativos aos 15 detidos, entre as quais se encontram funcionários, advogados, empresários e técnicos oficiais de contas.

Os detidos vão ser ouvidos em primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

A Procuradoria-Geral da República diz que os suspeitos de crimes de corrupção passiva e ativa
são técnicos e inspetores da Administração Tributária, chefes de finanças, há até um diretor de serviços, um diretor de finanças adjunto, um membro do Centro de Estudos Fiscais e Aduaneiros, advogados, técnicos oficiais de contas e empresários.

O esquema envolvia luvas a chefes e adjuntos de repartições de finanças que, a troco de dinheiro, passariam falsos perdões fiscais. As empresas com dívidas ao fisco e que obtinham declarações falsas de regularização de divididas podiam depois participar por exemplo em concursos públicos.

Em causa estarão muitos milhões de euros, num inquérito que se encontra em segredo de justiça e que conta com a colaboração da Autoridade Tributária.

Última atualização às 14:30

  • Chefes de repartições de finanças detidos em megaoperação da PJ

    País

    Uma megaoperação da Polícia Judiciária e do Ministério Público está em curso, com buscas em várias repartições de finanças e residências, sobretudo na Grande Lisboa. Em causa estão suspeitas de corrupção e muitos milhões de euros. A Procuradoria-Geral da República e a PJ confirmam mais de 10 detenções, incluindo de chefes de repartições.

  • Grupo armado mata 26 cristãos no Egipto
    1:03
  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28

    País

    O Presidente da República promete voltar ao Luxemburgo até ao final do ano, se houver mais 10 mil portugueses recenseados até julho. Marcelo Rebelo de Sousa participou esta quinta-feira na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, que todos os anos recebe milhares de emigrantes portugueses.

    Enviados SIC

  • Álcool é "de longe" a droga mais consumida pelos portugueses

    País

    O álcool é, "de longe", a substância mais consumida pelos portugueses que responderam ao maior inquérito `online` sobre consumo de drogas, com mais de 14% dos homens a descreveram padrões considerados problemáticos, segundo os resultados hoje divulgados.