sicnot

Perfil

País

15 detidos por suspeitas de corrupção em repartições das finanças

15 detidos por suspeitas de corrupção em repartições das finanças

A Polícia Judiciária e Procuradoria-geral da República (PGR) confirmam que foram detidas 15 pessoas na megaoperação na Grande Lisboa que investiga suspeitas de corrupção na Autoridade Tributária. Um esquema que envolve altas chefias nas repartições de Finanças e que passaria por dar falsos perdões fiscais a empresas, a troco de dinheiro. As autoridades atribuíram-lhe o nome de Operação Tax Free.

No âmbito da operação, a PJ adianta que foram realizadas 120 buscas na região de Lisboa, com vista"à consolidação dos elementos probatórios" relativos aos 15 detidos, entre as quais se encontram funcionários, advogados, empresários e técnicos oficiais de contas.

Os detidos vão ser ouvidos em primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

A Procuradoria-Geral da República diz que os suspeitos de crimes de corrupção passiva e ativa
são técnicos e inspetores da Administração Tributária, chefes de finanças, há até um diretor de serviços, um diretor de finanças adjunto, um membro do Centro de Estudos Fiscais e Aduaneiros, advogados, técnicos oficiais de contas e empresários.

O esquema envolvia luvas a chefes e adjuntos de repartições de finanças que, a troco de dinheiro, passariam falsos perdões fiscais. As empresas com dívidas ao fisco e que obtinham declarações falsas de regularização de divididas podiam depois participar por exemplo em concursos públicos.

Em causa estarão muitos milhões de euros, num inquérito que se encontra em segredo de justiça e que conta com a colaboração da Autoridade Tributária.

Última atualização às 14:30

  • Chefes de repartições de finanças detidos em megaoperação da PJ

    País

    Uma megaoperação da Polícia Judiciária e do Ministério Público está em curso, com buscas em várias repartições de finanças e residências, sobretudo na Grande Lisboa. Em causa estão suspeitas de corrupção e muitos milhões de euros. A Procuradoria-Geral da República e a PJ confirmam mais de 10 detenções, incluindo de chefes de repartições.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.