sicnot

Perfil

País

Incêndio em fábrica de calçado de Felgueiras intoxica 15 trabalhadores

Um incêndio industrial ocorrido hoje em Felgueiras numa fábrica de calçado provocou a intoxicação, por inalação de fumo, de 15 trabalhadores, seis dos quais transportados para o hospital de Penafiel, disse fonte dos bombeiros.

Hugo Ribeiro, segundo comandante da corporação de Felgueiras, disse à Lusa que um funcionário da empresa sofreu queimaduras ligeiras numa mão, o que obrigou a assistência hospitalar.

A equipa da viatura médica de emergência (VMER) de Guimarães assistiu no local nove trabalhadores que apresentavam sintomas por inalação de fumo.

A empresa, designada Tecopel, situa-se junto do acesso à autoestrada A11, na freguesia de Revinhade.

O alerta para o incêndio ocorreu às 15:08. À chegada ao local, os bombeiros encontraram fogo num sistema de exaustão de uma linha de montagem. Segundo Hugo Ribeiro, a situação foi rapidamente resolvida pela intervenção dos bombeiros, o que permitiu evitar que o incêndio se propagasse.

O segundo comandante acrescentou que os danos nas instalações se limitaram àquele local, pelo que a empresa reúne condições para continuar a trabalhar.

Para o local foram mobilizadas 17 viaturas das corporações de Felgueiras e da Lixa e 36 operacionais.

Hugo Ribeiro disse à Lusa ser cada vez mais frequente este tipo de ocorrência nas empresas de Felgueiras, mas sublinhou que, na maioria dos casos, uma rápida intervenção, por vezes até dos trabalhadores, que recebem formação nesse sentido, impede que o incêndio ganhe outras proporções.

Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC