sicnot

Perfil

País

Duarte Lima acusado de abuso de confiança por apropriação indevida de 5M€

última hora

O Ministério Público acusou Duarte Lima de abuso de confiança, por apropriação indevida de mais de cinco milhões de euros de Rosalina Ribeiro, de cuja morte é acusado no Brasil.

ANTÓNIO COTRIM / LUSA

Em causa está, segundo o MP, a apropriação indevida por Duarte Lima de 5.240.868,05 euros que Rosalina Ribeiro lhe transferiu, a título provisório, em 2001, para uma conta na Suíça para que este guardasse a verba enquanto decorressem as ações judiciais interpostas pelos herdeiros do empresário português Lúcio Feteira contra Rosalina Ribeiro.

"Na posse de tal montante, Duarte Lima utilizou-o em proveito próprio, apropriando-se do mesmo, sem nunca o ter restituído a Rosalina Ribeiro", explica o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Duarte Lima, ex-líder da bancada parlamentar do PSD, foi acusado em 2011 pelo Ministerio Público do Brasil pela morte de Rosalina Ribeiro e deverá começar este ano a ser julgado à revelia no Tribunal de Saquarema.

O homicídio ocorreu 7 de dezembro de 2009.

Rosalina Ribeiro, que foi secretária e companheira do milionário português radicado no Brasil Lúcio Tomé Feteira, falecido em 2000, foi morta a tiro e o corpo foi encontrado numa estrada de terra batida em Maricá, nos arredores do Rio de Janeiro.

Lusa

  • Duarte Lima com pena reduzida para seis anos de prisão
    2:38

    País

    Duarte Lima vai mesmo ter de cumprir uma pena de prisão. O tribunal da Relação confirmou hoje a condenação do antigo deputado do PSD, pelos crimes de burla qualificada e branqueamento de capitais, mas reduziu de dez para seis anos a pena aplicada.

  • Relação confirma condenação de Duarte Lima

    País

    O Tribunal da Relação de Lisboa confirmou a hoje a condenação de Duarte Lima por burla qualificada e branqueamento de capitais no processo Homeland. Reduziu no entanto de 10 para seis anos a pena aplicada ao ex-deputado do PSD em 2014, pelo tribunal de primeira instância, em cúmulo jurídico.

  • Duarte Lima considera condenação um tremendo erro judiciário
    1:39

    País

    O Tribunal da Relação de Lisboa decide no próximo dia 1 de abril o recurso de Duarte Lima, no caso Homeland. A defesa do ex-líder parlamentar do PSD, condenado a 10 anos de cadeia, tentou hoje convencer os desembargadores a anularem o que chamaram de tremendo erro judiciário.

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.