sicnot

Perfil

País

Dez milhões de peças de Lego vão ser utilizadas em festival em Lisboa

Cerca de 10 milhões de peças de Lego vão ser usadas nas construções na feira internacional Meo Fan Event 2016, no Campo Pequeno, em Lisboa, a partir de sábado disse hoje à Lusa o comissário do evento.

Thomas Borberg

"Vamos ter o maior Titanic do Mundo feito em Lego, com 220 mil peças, que pesa 250 quilogramas, feito em Inglaterra de acordo com os projetos originais do verdadeiro", informou Paulo Alcobia Neves.

Os futebolistas portugueses Cristiano Ronaldo e Eusébio vão também fazer parte do certame, com réplicas em Lego dos jogadores em tamanho real, da autoria do holandês Alex de Jong, nas quais são utilizadas cerca de 200 mil peças.

"As estátuas, com cerca de 1,80 metros de altura, são feitas exclusivamente com peças Lego que existem no mercado, não peças especiais nem cortadas, e que têm de ser adaptadas às formas que pretendem representar" explicou.

O responsável destacou ainda o convite dirigido aos netos de Eusébio, que "serão os responsáveis por colocar as últimas peças na estátua" do jogador.

Este ano, o Meo Fan Event vai trabalhar, não só com os fãs da Lego, mas também com a marca Mega Bloks, estando prevista a utilização de cerca de 10 milhões de peças no total das construções realizadas.

Porém, não será só de construções que se fará este certame, sendo que este ano os visitantes podem contar com novidades na área dos videojogos e, ainda, com um espaço inteiramente dedicado à Barbie, com uma exposição destas bonecas vestidas com inspiração em temas portugueses, nomeadamente os fatos utilizados pelas Doce no Festival da Eurovisão e os trajes típicos da Feira da Golegã.

Paulo Alcobia Neves destacou, também, o espaço Princesa por um Dia, no qual "as meninas podem ser maquilhadas, podem vestir vestidos da Barbie e podem ser fotografadas em diversos cenários".

Com atividades que se destinam não só às crianças, o comissário salienta o facto de, muitas vezes, "os filhos já terem visto o que tinham a ver e os pais ainda querem ficar mais um pouco", explicou.

Outra das novidades nesta edição é uma parceria realizada com o Museu de Arte Antiga, em Lisboa, para angariação de fundos destinados à integração do quadro 'A Adoração dos Magos', de Domingos Sequeira, no acervo deste espaço.

"Quem quiser ajudar pode comprar duas peças de Lego por 50 cêntimos e colocá-las num painel que vai reproduzir um trecho do quadro com 20 mil peças, valor que é depois doado à iniciativa", disse.

A edição deste ano prolonga-se até ao dia 1 de maio.

Lusa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23

    País

    A Proteção Civil emitiu um alerta para o tempo frio e seco e pede cuidados redobrados. As temperaturas já começaram a descer, com regiões a registarem valores negativos. No interior, podem chegar aos 5 graus negativos. Até ao Natal o tempo vai manter-se frio, seco e com ausência de chuva.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Fitch retira Portugal do "lixo"
    2:20
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01
  • Marcelo evita "ideia de que o ano foi todo muito bom"
    3:14

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse esta sexta-feira que 2017 teve "o melhor e o pior" e que "é preciso evitar a "ideia que o ano foi todo muito bom". O Presidente da República fez estas declarações depois de António Costa ter dito que a nível económico este "foi um ano particularmente saboroso".