sicnot

Perfil

País

Portugal está a "investir muito" na visita de António Costa a Angola

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje que Portugal está a "investir muito" na visita do primeiro-ministro português a Angola, deslocação que já está a ser preparada.

ETIENNE LAURENT

O governante falava numa entrevista, em Lisboa, à Rádio Nacional de Angola, tendo assumido a prioridade na "próxima etapa desse relacionamento ao mais alto nível" entre Portugal e Angola.

"Estamos a investir muito, do nosso lado, no conteúdo dessa visita. Até porque, no plano económico, há vários assuntos a tratar entre os dois países", disse Augusto Santos Silva.

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, anunciou a 17 de março, em Lisboa, que o Presidente e o primeiro-ministro de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa, respetivamente, vão visitar oficialmente Angola "em breve", em datas que serão tratadas pela via diplomática.

"Sei que houve contactos entre Luanda e Lisboa e teremos, provavelmente nos próximos tempos, a visita do Presidente e do primeiro-ministro de Portugal a Angola. Caberá agora aos nossos dois ministérios trabalhar para que consigamos encontrar as datas", sublinhou na ocasião o governante angolano.

Ainda na entrevista divulgada hoje pela rádio pública angolana, o ministro Santos Silva explicou que o Governo português expressou-se sobre a condenação dos 17 ativistas angolanos, em primeira instância, numa tomada de posição "por escrito" que foi "muito compreensível para todos".

"Que nenhum ruído, do meu conhecimento, despertou", declarou.

Os ativistas foram condenados a 28 de março a penas entre os dois anos e três meses e os oito anos e meio de prisão efetiva pelos crimes de atos preparatórios de rebelião e associação de malfeitores, tendo o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) reagido no mesmo dia.

"Tomamos boa nota da comunicação, pela defesa, da intenção de interpor recurso judicial em face da gravidade e dimensão das penas hoje decididas pelo tribunal de primeira instância; e confiamos que a tramitação do processo, nos termos previstos na legislação angolana, obedeça aos princípios fundadores do Estado de Direito, incluindo o direito de oposição por meios pacíficos às autoridades constituídas", lê-se na nota enviada então à Lusa.

Nesta entrevista, Santos Silva recordou que o processo em causa "afetava diretamente um cidadão que tem também nacionalidade portuguesa", referindo-se ao 'rapper' luso-angolano Luaty Beirão, um dos condenados.

A diplomacia angolana avisou, a 31 de março passado, os diplomatas da União Europeia (UE) acreditados em Luanda, incluindo Portugal, que não voltaria a aceitar "ingerências" nos assuntos internos, classificando a recente declaração daqueles embaixadores sobre a condenação de 17 ativistas como uma atitude "inamistosa".

A posição foi assumida aos jornalistas pelo secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, que, em nome do Governo angolano, chamou o embaixador da UE em Luanda, Gordon Kricke, para, disse, "prestar esclarecimentos" sobre a posição conjunta daquela delegação e das embaixadas dos Estados-membros.

"Nós compreendemos os valores, os princípios, os interesses e os objetivos da política externa angolana. Estou certo que Angola compreende também os valores, os princípios, os interesses, os objetivos da política externa portuguesa", reagiu, por seu turno, o chefe da Diplomacia de Portugal.

Lusa

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.