sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje, no continente, céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral a norte do Cabo Raso até ao final da manhã e nas regiões norte e centro durante a tarde. Está também previsto vento em geral fraco do quadrante oeste, soprando moderado na faixa costeira ocidental e nas terras altas a partir do início da tarde.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais, pequena subida da temperatura mínima no interior norte e descida da máxima nas regiões do litoral.

Para a Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, vento em geral fraco do quadrante norte e pequena descida da temperatura mínima.

Nos Açores a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas, aguaceiros fracos e vento oeste com rajadas até 50 quilómetros por hora tornando-se moderado.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 12 e 21 graus Celsius, no Porto entre 10 e 19, em Vila Real 09 e 22, em Bragança entre 07 e 22, em Viseu entre 07 e 21, na Guarda entre 08 e 19, em Coimbra entre 09 e 21, em Castelo Branco entre 10 e 23, em Santarém entre 11 e 23, em Évora entre 10 e 25, em Beja entre 11 e 25, em Faro entre 14 e 23, no Funchal entre 14 e 22, em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo entre 16 e 19 e em Santa Cruz das Flores entre 15 e 17.

  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Hospitais já registam picos de afluência apesar de casos de gripe serem ainda poucos
    2:13

    País

    A gripe ainda não chegou em força, mas nos últimos dias foram vários os hospitais com grande afluências de doentes, sobretudo idosos e com infeções respiratórias. Em alguns dias desta semana o número de doentes disparou para mais de 600, como disse à SIC o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.