sicnot

Perfil

País

Mais de quatro mil taxistas ameaçam bloquear o trânsito em Lisboa

Os taxistas vão protestar novamente contra a Uber. Esta sexta-feira haverá uma marcha lenta em Portugal, que promete causar o caos no trânsito. Os taxistas esperam uma participação de mais de quatro mil carros na capital, dois mil no Porto e quinhentos em Faro. Em Lisboa, vão concentrar-se às oito da manhã junto ao Campus da Justiça, no Parque das Nações.

MÁRIO CRUZ/LUSA

Os taxistas seguem depois pelo aeroporto, Campo Grande, Avenida da República, Avenida Fontes Pereira de Melo, Avenida da Liberdade, Rossio, Câmara de Lisboa, 24 de julho, D. Carlos I e Assembleia da República. O objetivo é serem ouvidos pelos partidos com assento parlamentar.

No Porto, a concentração começará às nove horas, junto ao Castelo do Queijo, com destino à Câmara Municipal, onde vão ser recebidos pelo presidente Rui Moreira.

Em Faro, vão juntar-se no Estádio do Algarve, passar pelo aeroporto e parar junto à Câmara Municipal, onde também esperam ser recebidos.

Os carros vão circular com autocolantes e bandeiras com palavras de ordem como "A Uber é ilegal" ou "A Uber é crime nacional".

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44