sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

Quanto ao estado do tempo, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, com boas abertas na região sul, períodos de chuva fraca ou aguaceiros fracos nas regiões norte e centro a partir do final da manhã.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante oeste, soprando moderado em especial durante a tarde, de noroeste no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e nas terras altas das regiões centro e sul, e de sudoeste na costa sul do Algarve, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida da temperatura máxima, em especial nas regiões norte e centro.

Na Madeira prevê-se céu geralmente pouco nublado, aumentando gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca, vento em geral fraco do quadrante norte, tornando-se gradualmente do quadrante oeste e pequena subida da temperatura máxima.

Para os Açores a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas e vento bonançoso a moderado e aguaceiros fracos.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 11 e 19 graus Celsius, no Porto entre 11 e 16, em Vila Real entre 08 e 19, em Viseu entre 07 e 18, em Bragança entre 06 e 19, na Guarda entre 07 e 16, em Coimbra entre 11 e 18, em Castelo Branco entre 10 e 23, em Santarém entre 11 e 20, em Évora entre 09 e 23, em Beja entre 10 e 23, em Faro entre 13 e 23, no Funchal entre 16 e 22, em Ponta Delgada entre 15 e 19, na Horta entre 14 e 19 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 18.

  • Souto de Moura feliz com distinção na Bienal de Arquitetura de Veneza
    1:10
  • Há mesmo um carro voador pousado no meio de Paris

    Dito assim, exageramos a importância da coisa, porque de facto estamos a falar de um protótipo que, inteiro, nunca voou. Dito assim, diminui a importância de termos ali mesmo à nossa frente um seríssimo protótipo de carro voador feito em colaboração pela Italdesign e pela Airbus a grande companhia construtora de aviões na Europa, desde o ano passado também com a colaboração da Audi. Faltava aqui um grande construtor de automóveis capaz de acrescentar o seu conhecimento.

    Lourenço Medeiros