sicnot

Perfil

País

Penas de prisão até 11 anos para arguidos que assaltavam casas durante funerais

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou a condenação a penas até 11 anos de prisão de 13 arguidos acusados de assaltos a residências em vários concelhos do norte, aproveitando a ausência dos proprietários para funerais ou casamentos.

(Arquivo/SIC)

(Arquivo/SIC)

Em nota hoje publicada no seu site, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que os arguidos escolhiam as casas a assaltar após obterem informações, nomeadamente em jornais locais, de que os respetivos locatários estavam ausentes em funerais, casamentos, batizados ou outros acontecimentos que implicavam a ausência de casa por períodos mais longos.

Algumas vezes, essas informações eram obtidas junto de outros arguidos.

Os arguidos foram condenados em penas entre um ano e três meses e 11 anos de prisão pela prática de crimes de furto qualificado.

Os factos consumaram-se entre finais de 2013 e outubro de 2014, nos concelhos de Famalicão, Braga, Vila Praia de Âncora, Viana do Castelo, Santo Tirso, Guimarães, Vila Verde, Vizela, Monção, Barcelos e Póvoa de Varzim.

O Ministério Público estima que tenham sido furtados bens e valores num montante superior a 326 mil euros.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22