sicnot

Perfil

País

Costa garante que reformas são compatíveis com metas orçamentais

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que o Programa Nacional de Reformas "é compatível com o cumprimento das metas orçamentais demonstrada no Programa de Estabilidade", documento que disse ser "um exercício realista" e prudente.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

"Os documentos que foram apresentados a esta Assembleia confirmam que a agenda de viragem subjacente ao Programa Nacional de Reformas é compatível com o cumprimento das metas orçamentais demonstrada no Programa de Estabilidade", afirmou António Costa.

Falando no Parlamento, no debate quinzenal, o primeiro-ministro defendeu que o Programa de Estabilidade 2016-2020 "é um exercício realista, realizado com um grau significativo de prudência relativamente à evolução macroeconómica das componentes externa e interna da economia".

O documento revela ainda, declarou o chefe de Governo, "uma recuperação gradual da economia portuguesa, retomando uma trajetória de convergência com a União Europeia, bem como uma redução do desemprego, num quadro de aumento da população ativa".

António Costa defendeu também que os resultados do Governo "na frente orçamental" surgem "plenamente em linha com as metas" estabelecida, afirmando que, "retirando o efeito pontual do pagamento de juros em fevereiro e os reembolsos do IVA", acelerado "para aumentar os recursos disponíveis nas empresas, o saldo orçamental regista uma clara melhoria".

"O saldo primário, em particular, regista um excedente de 1 058 Milhões de euros, uma melhoria de quase 29%, face ao ano anterior. A receita regista níveis de crescimento acima dos previstos no Orçamento para a generalidade dos impostos, não obstante em alguns casos as medidas implementadas só terem começado a produzir efeitos em meados do primeiro trimestre", afirmou.

O primeiro-ministro apontou também que "a despesa de pessoal, apesar de já se ter registado desde 01 de janeiro a primeira fase da reposição os salários na administração pública, está a crescer claramente abaixo da meta orçamental, 1,9% face a 2,8%".

Por outro lado, sustentou Costa, "a despesa corrente regista também um comportamento melhor do que o previsto no Orçamento", apesar da reposição de prestações sociais e da atualização das pensões mínimas.

Última atualização às 16:27/Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.