sicnot

Perfil

País

Turista francês morre ao cair da Levada do Norte, na Madeira

Um turista francês morreu hoje ao cair de uma altura de cerca de 100 metros na Levada do Norte, no troço que liga o Calvário, no Estreito de Câmara de Lobos, ao Garachico, no concelho de Câmara de Lobos.

"O turista ia integrado num grupo, parou para tirar uma fotografia e alegadamente terá escorregado e caiu no precipício", disse uma fonte dos Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos (BVCL), na Madeira, à agência Lusa.

O turista, de 81 anos, fazia a levada de três quilómetros.

O alerta ao Serviço Regional de Proteção Civil foi dado pelas 15:50, tendo os BVCL deslocado para o local 12 homens, entre os quais uma equipa de montanha, e uma ambulância.

As levadas são cursos de água com uma plataforma para trânsito de pessoas que serpenteiam a ilha e constituem um dos atrativos turísticos da Madeira.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto a uma margem, em frente à Portugália. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Última Hora

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.