sicnot

Perfil

País

Ex-ministro Moreira da Silva finalista em concurso para subsecretário-geral da ONU

O ex-ministro do Ambiente Jorge Moreira da Silva confirmou hoje, através do Facebook, que é finalista ao cargo de secretário-executivo da Convenção das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (UNFCCC), equivalente a subsecretário-geral da ONU.

(Arquivo)

(Arquivo)

ANT\303\223NIO COTRIM

A notícia da candidatura de Moreira da Silva foi avançada no domingo pelo ex-ministro Luís Marques Mendes no comentário semanal no Jornal da Noite na SIC.

Moreira da Silva confirmou hoje a informação, na sua conta pessoal no Facebook, afirmando que se candidatou no início deste ano e que já ultrapassou as fases do processo de seleção, constituindo-se como finalista ao cargo que reporta diretamente ao secretário-geral da ONU.

"Venho por este meio confirmar os rumores dos últimos dias: sou finalista do posto ao qual me candidatei, Secretário-Executivo da UNFCCC (Convenção das Nações Unidas para as Alterações Climáticas) (...) Ultrapassei as várias fases de um processo muito competitivo e cheguei à lista final(...) fui entrevistado pelo SG Ban Ki Moon no início da semana passada", lê-se no texto.

O vice-presidente do PSD esclareceu ainda que a sua candidatura a este cargo não teve qualquer reflexo nas funções políticas que exerce.

"Esta minha candidatura não envolveu, obviamente, qualquer desvalorização, da minha parte, das funções que exerço com a maior honra", assegurou.

Contactado pela agência Lusa, Moreira da Silva disse não querer prestar mais declarações do que aquelas que escreveu na sua página do Facebook.

O futuro secretário-executivo vai liderar toda a área das alterações climáticas da ONU, ficando à frente da Convenção Quadro da ONU para as alterações climáticas (UNFCCC), na qual participam 200 governos. Segundo o ex-ministro, foi naquela Convenção-Quadro da ONU que se tomaram as decisões sobre o Protocolo de Quioto e, mais recentemente, sobre o Acordo de Paris.

O resultado do concurso deverá ser anunciado ainda esta semana.

Lusa

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC