sicnot

Perfil

País

Ex-ministro Moreira da Silva finalista em concurso para subsecretário-geral da ONU

O ex-ministro do Ambiente Jorge Moreira da Silva confirmou hoje, através do Facebook, que é finalista ao cargo de secretário-executivo da Convenção das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (UNFCCC), equivalente a subsecretário-geral da ONU.

(Arquivo)

(Arquivo)

ANT\303\223NIO COTRIM

A notícia da candidatura de Moreira da Silva foi avançada no domingo pelo ex-ministro Luís Marques Mendes no comentário semanal no Jornal da Noite na SIC.

Moreira da Silva confirmou hoje a informação, na sua conta pessoal no Facebook, afirmando que se candidatou no início deste ano e que já ultrapassou as fases do processo de seleção, constituindo-se como finalista ao cargo que reporta diretamente ao secretário-geral da ONU.

"Venho por este meio confirmar os rumores dos últimos dias: sou finalista do posto ao qual me candidatei, Secretário-Executivo da UNFCCC (Convenção das Nações Unidas para as Alterações Climáticas) (...) Ultrapassei as várias fases de um processo muito competitivo e cheguei à lista final(...) fui entrevistado pelo SG Ban Ki Moon no início da semana passada", lê-se no texto.

O vice-presidente do PSD esclareceu ainda que a sua candidatura a este cargo não teve qualquer reflexo nas funções políticas que exerce.

"Esta minha candidatura não envolveu, obviamente, qualquer desvalorização, da minha parte, das funções que exerço com a maior honra", assegurou.

Contactado pela agência Lusa, Moreira da Silva disse não querer prestar mais declarações do que aquelas que escreveu na sua página do Facebook.

O futuro secretário-executivo vai liderar toda a área das alterações climáticas da ONU, ficando à frente da Convenção Quadro da ONU para as alterações climáticas (UNFCCC), na qual participam 200 governos. Segundo o ex-ministro, foi naquela Convenção-Quadro da ONU que se tomaram as decisões sobre o Protocolo de Quioto e, mais recentemente, sobre o Acordo de Paris.

O resultado do concurso deverá ser anunciado ainda esta semana.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil de empatar com a Costa Rica já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.